Telefone para Contato: (67) 3323-1700

Mãe: divina obra de arte!

11/05/2018

A arte é para ser sentida e tocada com o coração! É assim que se aprecia todos os tons, cores, vibração e entusiasmo da comemoração do dia das mães no Colégio Auxiliadora, nos dias 9 e 11 de maio.
Com que olhos ver os quadros pintados pelas crianças do 2º ao 5º ano? Com que sentidos sintonizar todo o carinho das melodias e gestos de ternura? De que forma aspirar a fragrância da ternura de uma mãe?
Com certeza, as mamães captaram nas entrelinhas das canções todo o afeto de suas "pequenas obras de arte". Seus ouvidos sintonizaram, para além das melodias, a magia do dom de Deus no brilho dos olhos de seus filhos.
“Toda a Mãe é feita de Rosas”! Foi com essa frase que as crianças da Educação Infantil e 1º ano homenagearam as mamães da escola. Tudo foi feito com muito carinho; a felicidade e a emoção irradiavam no rosto de cada uma.
Os alunos fizeram apresentações lindas e cheias de ternura. Cantaram, dançaram e ofereceram uma lembrança para as mães, expressando todo seu afeto.
O tempo sempre é pouco para demonstrar todo o carinho para as mães; palavras e gestos não traduzem a imensa gratidão que existe no coração de cada filho. Mas sempre há espaço para mais uma surpresa, guardada a sete chaves pelas crianças e elaboradas com a ajuda do papai ou da vovó.
No sábado, dia 12, as mamães foram convidadas para a grande surpresa: começou com uma acolhida festiva, um aquecimento legal e animado, seguido de um saboroso lanche.
No Salão de Atos, uma carícia para os olhos e os ouvidos: apresentação do Balé Auxiliadora e canções ao violão pela Nathyele Juliana Freire e Patricia Galdino.
O ápice das homenagens foi a palestra da Leodete Neri - “A influência de uma mãe é eterna”. Palestra vibrante, com testemunhos pessoais da palestrante, que tocaram profundamente a alma materna. Com o coração já em lágrimas, as mães receberam uma mensagem, preparada com antecedência e muito segredo pelos filhos.
Se as mães são obras de arte feitas de rosas, de ternura, dedicação, entrega, perdão e aconchego, o que não dizer dos filhos que surpreendem suas mães com sorrisos do céu, beijos de anjos, surpresas deliciosas e porque não, travessuras criativas e inimagináveis?
Maria, a grande Mãe e Mestra das casas salesianas, com certeza continuará abençoando as mães e cobrindo com seu manto de ternura cada comunidade educativa, cada criança e sua família.

 

Fonte: Ir. Terezinha dos Santos e Erika Carolina Silva Marciliano – Coordenadora da Educação Infantil

Galeria de Imagens

Topo